sábado, 23 de junho de 2012

"A hora da partida"


A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.

A hora da partida soa quando
as árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.

Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.


"Sophia de Mello Breyner Andresen"

sexta-feira, 15 de junho de 2012

A obra nasce


Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.

"Fernando Pessoa"


domingo, 10 de junho de 2012

Olhar perdido


e um olhar perdido é tão difícil de encontar
como o é congregar ventos dispersos pelo mar


"Rui Belo"

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Dia da criança

 
                                   

Quando as crianças brincam
E eu as ouço brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar

E toda aquela infância
Que não tive me vem,
Numa onda de alegria
Que não foi de ninguém.

Se quem fui é enigma,
E quem serei visão,
Quem sou ao menos sinta
Isto no meu coração.



"Fernando Pessoa"