terça-feira, 31 de julho de 2012




Quem vem e atravessa o rio
Junto à serra do Pilar
vê um velho casario
que se estende ate ao mar


"Excerto de Porto Sentido de Rui Veloso"

domingo, 29 de julho de 2012

quarta-feira, 18 de julho de 2012

"Sou feliz só por preguiça"


Sou feliz só por preguiça. A infelicidade dá uma trabalheira pior que doença: é preciso entrar e sair dela, afastar os que nos querem consolar, aceitar pêsames de uma porção da alma qure nem chegou a falecer.  

"Mia Couto"

quinta-feira, 12 de julho de 2012

"Depois do sol"


Fez-se noite com tal mistério,
Tão sem rumor, tão devagar,
Que o crepúsculo é como um luar
Iluminando um cemitério . . .

Tudo imóvel . . . Serenidades . . .
Que tristeza, nos sonhos meus!
E quanto choro e quanto adeus
Neste mar de infelicidades!

Oh! Paisagens minhas de antanho . . .
Velhas, velhas . . . Nem vivem mais . . .
— As nuvens passam desiguais,
Com sonolência de rebanho . . .

Seres e coisas vão-se embora . . .
E, na auréola triste do luar,
Anda a lua, tão devagar,
Que parece Nossa Senhora

Pelos silêncios a sonhar . . .

"Cecilia Meireles"

segunda-feira, 2 de julho de 2012

"Liberdade"


Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.


"Sophia de Mello Breyner Andresen"